quarta-feira, 23 de maio de 2012



                            Histórico da Escola Municipal Lírio do Vale


A Escola Municipal Lírio Do Vale situada a rua Santa Inês n. 106, no bairro Lírio do Vale I. Antes se chamava colégio Cristo Rei do Amazonas, apresentava a estrutura física em formato de ocas cobertas de palha, rodeada com muitas árvores frutíferas que despertavam a cobiça de funcionários e alunos, havia manga, jaca, pitomba, cupuaçu, taperebá, azeitona roxa e ainda seringueiras.
A Escola Municipal Lírio do Vale, foi criada oficialmente, em 12/10/84 pela Lei Municipal 17024/84, assinada pelo prefeito Amazonino Mendes, e o Secretario de Educação o professor João Felix Toledo Pires. A escola oferecia as modalidades de: pré-escolar, 1ª. a 5ª. Serie do 1º. Grau e o PEB, nos turnos matutino, vespertino e noturno. Em virtude da demanda de alunos aumentando a cada ano, o referido prefeito criou o Projeto Espiral que consiste em oferecer escolaridade em espaço alternativo a fim de resolver temporariamente essa situação.

Em 1986 foi criado o clube de Mães Dalva Toledo Pires em homenagem a mãe do secretario de educação municipal de educação João Felix Toledo Pires, oferecendo cursos de corte-costura, manicure, culinária, e outros. Oportunizando um aumento no orçamento doméstico.
Outro marco em 1986, a primeira eleição para direção da escola, resultou na eleição da professora Maria Leuda Leite Ribeiro pelo período de 86-89, o processo eleitoral do último ano elegeu a diretora professora Maria Alzira Alexandrino Bastos que permaneceu até 2005, sendo criada a APMC no primeiro ano de gestão com objetivo de integrar a comunidade e angariar recursos financeiros.
Em 1993, houve a troca da cobertura por telha de amianto com estrutura metálica, a mudança mais intensa aconteceu em 1997 com o prefeito Alfredo Pereira do Nascimento, a reforma deu origem a um novo prédio com 12 salas de aulas, climatizadas, com biblioteca, sala de informática, banheiro masculino e feminino sala dos professores com banheiro, alterando sensivelmente a infra-estrutura.
Em termos de gestão educacional implantou-se nas escolas em 1999 o GQT- Gestão pela Qualidade Total, com o programa 5 S.
Em 2005, o prefeito eleito Serafim Corrêa realiza o PROSED - Processo Seletivo de Diretores em que os candidatos se submetiam a uma avaliação para posteriormente assumir a escola, desse modo, a professora Bernadete Marta assumiu a escola em meados de 2005, sendo substituída pelo professor Wilson no período de 2007-08 em que houve avaliação institucional com a participação da comunidade.
Em 2009 a pedagoga Maria de Lourdes Paes Lima assume a escola e organiza, implanta e administra os programas financiados pelo governo federal: Mais Educação, Segundo Tempo, Escola Aberta. PDE-Escola - Programa de Desenvolvimento da Escola, o PDDE – Programa Dinheiro Direto na Escola. E a partir de 2010 os Programas da Secretaria Municipal de Educação: Viajando na Leitura, Matemática Viva e Alfabetizando na Hora Certa, bem como os Projetos: Remar é Preciso em parceria com a Federação Amazonense de Remo e Capoeira em Parceria com o Instituto Mistura de Raça.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário